Mestra Martinha do Coco

menor
_MG_0503
martinha (1)
Créditos_Leo-Pacheco

Marta Leonardo ou Mestra Martinha do Coco é artista e moradora do Paranoá há 30 anos. Nasceu em Olinda - PE, de onde migrou com sua família para a antiga Vila do Paranoá aos 17 anos de idade. Trabalhou desde então como empregada doméstica para ajudar no sustento da casa. Em uma dessas experiências de trabalho, teve contato com uma musicista que percebeu o seu talento artístico e lhe ajudou a retomar seu amor pela música. Seu primeiro experimento musical foi uma banda com instrumentos reciclados quando trabalhou como gari. Martinha teve a oportunidade de iniciar sua carreira artística cantando samba de coco no grupo de percussão da Organização Tambores do Paranoá – TAMNOÁ e é uma das fundadoras do Ponto de Cultura Tambores do Paranoá. Vem desenvolvendo um trabalho autoral com as influências culturais da terra onde nasceu e cresceu – coco, maracatu e ciranda. Em 2013, Martinha do Coco recebeu do Ministério da Cultura o título de Mestra da Cultura Popular.

Desde o início de sua carreira solo, em 2006, Martinha do Coco realizou apresentações com sua banda em diferentes eventos dentro e fora do Distrito Federal, tendo se apresentado no show de comemoração do aniversário de 54 anos de Brasília, na semana de extensão universitária da UnB e em diversos festivais, como o Festival de Música e Cultura Popular do Paranoá - FEMUPOP, o Festival Latinidades, o Festival de Cultura Popular de Bonito / GO, Festival de Cultura Como Rosa para o Sertão de Sagarana / MG e o Festival de Rabeca de Bom Jesus / PI. Mulher negra e periférica, Martinha do Coco é hoje referência de tradição para os moradores no Distrito Federal e promove todo ano, no Paranoá, o pré-carnaval de rua com o bloco Segura o Coco. Acaba de ganhar o Prêmio de mestra da Cultura Popular da Secretaria de Cultura do DF.

Tel: 061-3399-8499  I  Cel: 061-99990-8076  I  candangodeculturaspopulares@gmail.com